Entrevista de Lançamento PvsW!

PvsW-capa-2 (1) (1)

Princess vs Witch fala sobre um mundo de personagens mágicos com problemas…  nada mágicos. Majori é uma aprendiz de bruxa capaz de fazer uma poção poderosa de troca de aparência, mas não consegue se controlar diante de desordens mínimas. Yuria é a única princesa de todo um reino e só pensa em ir além dos muros do seu próprio castelo. Quando essas duas se encontram e invertem suas posições nessa história, é apenas o começo para tudo dar errado. Seguindo com a leitura sobre as desventuras de cada uma, descobrimos um mundo de Sem-Voltas, de reinos com climas amaldiçoados, de um sol que se aproxima e de uma escuridão adormecida. Claro que ainda temos os clássicos vampiros, fadas, zumbis, dragões e um mundo de criaturas fantásticas. Todos eles reunidos em uma mistura colorida de contos de fadas que promete divertir os leitores.

“Quando começamos a escrever PvsW era somente um texto para nos divertirmos, um escape das tramas mais sérias dos nossos outros livros. Porém, não demorou para pensarmos que a história merecia ser publicada”, disse Paula Vendramini, a autora. “Sentíamos falta da escrita despretensiosa que tínhamos antes, quando escrevíamos fanfics. Queríamos apenas ser criativas, montar cenas engraçadas, tecer desafios que teríamos que resolver depois. O resultado ficou muito melhor do que poderíamos imaginar”, acrescenta Lhaisa Andria, a outra autora. Sim, duas autoras! Este foi um livro escrito a 4 mãos. “Dois teclados, na verdade, cada um em uma ponta do estado, já que a Paula mora em Curitiba e eu em Foz. Mas a distância nunca foi um problema com a internet, e existem programas que nos permitem escrevermos juntas, ao mesmo tempo.”

As autoras contam que o livro terminou de ser escrito em 2014, mas ficou um tempo em standby enquanto elas davam atenção ao lançamento de volumes 2 de suas séries. Agora, além de finalmente a história ganhar vida em páginas, já tem mais dois volumes a caminho. “Estamos escrevendo mais dois livros sobre esse mundo. Um é diretamente continuação dessa história e o outro terá relação”, contou Paula.

Ao serem questionadas sobre a escolha por um mundo de conto de fadas, Lhaisa nos respondeu: “Sempre fomos da fantasia de magia, então foi a nossa escolha certa. Mas, assim como os outros livros, nosso foco de escrita não é o cenário e sim o desenvolvimento dos personagens. A magia é a apenas a realidade em que eles vivem, e isso nos deixa espaço para lidar com muitas questões que consideramos importantes, como o preconceito”. E sobre a escolha do nome em inglês foi Paula que nos respondeu: “Sempre damos um nome aleatório para nossos arquivos de escrita e declaramos que depois pensaremos em um título melhor. Em 99% dos casos o nome provisório acaba sendo o oficial, como foi o caso aqui. Ao contrário do que pode parecer, não se trata de princesa contra bruxa. O versus tem o sentido de relação e no fim ficou ideal, já que o foco de narração é alterado em cada capítulo”.

Lhaisa Andria e Paula Vendramini são autoras das séries de fantasia Almakia e Devoy, e ambas terão seus terceiros volumes lançados em 2016. Além disso, as duas coordenam o Selo de Fantasia da Editora MODO, que tem por premissa selecionar livros do gênero que se destacam pela originalidade de suas histórias.

Tanto o novo livro das autoras, quanto suas séries e os livros do selo marcarão presença na Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu esse ano, no estande da Academia de Letras da cidade. O lançamento com a presença das autoras está programado para o domingo, dia 6, às 20hs. Mais informações sobre, é só acessar a fanpage do livro.

Anúncios

LIVRO – Princess Vs Witch

Nada mais justo do que começar a nossa apresentação dos primeiros livros do selo com aquele que foi o grande responsável por ele ser criado: o nosso Princess vs Witch (ou simplesmente PvsW).

Captura de Tela 2015-03-16 às 15.21.54

A proposta do Selo é que façam parte dele livros de fantasia da Editora MODO que se destaquem em suas histórias e tenham essa luz própria que buscamos em nossas leituras. Mas, PvsW é uma obra inédita dentro do selo. Pode? 😀

Com a palavra, as autoras, Lhaisa e Paula:

Para entender o motivos de essa obra ser um lançamento, é preciso contar toda a história que existe por trás do nosso trabalho como coordenadoras do Selo Lumus.

Talvez muitos ainda não saibam que somos amigas há muitos anos. Nos conhecemos ainda na escola, por causa de livros, muito antes de pensarmos em dedicar nossa vida a escrevê-los. Entre literatura, teatro, desenhos, chocolates e muitas risadas, embarcamos no universo das fanfics de Harry Potter. Naquela época, escrever não era compromisso sério, era diversão, e hoje reconhecemos o tanto que aprendemos com essa brincadeira.

Dentre tudo o que escrevíamos como LAP (who?), nossas fanfics que envolviam comédia eram as melhores produções (e também as que mais faziam sucesso entre nossos leitores). Nessas histórias, fazíamos um mix de tudo o que mais gostávamos e nos divertíamos escrevendo. No final de cada escrita, ficava aquela sensação que todo o momento dedicado valera a pena, mesmo que o resultado não tivesse uma utilidade específica em prol da humanidade (sim, fanfics não salvam vidas ou o meio ambiente, é preciso aceitar a realidade).

O tempo passou e descobrimos que essa brincadeira despretensiosa foi uma preparação para iniciarmos nesse caminho que trilhamos hoje, de sermos escritoras de fantasia. As séries Devoy e Almakia vieram da nossa decisão de nos aventurarmos além dos limites das fanfics, e deram certo. Falaremos sobre o quão acertada foi essa nossa decisão mais adiante, o importante de se ressaltar aqui é que elas nos garantiram a consciência de sermos escritoras, de verdade. E, uma vez que se passamos por esse estágio de publicarmos nossos primeiros livro e termos o retorno positivo sobre eles, expandiu-se o panorama de possibilidades de outras escritas. Foi nesse ponto que pensamos: por que não criarmos histórias como aquelas fanfics divertidas de antigamente? E ficamos um tempo com essa pergunta em suspensão.

Foi uma frase de um dorama que a Lhaisa assistiu que teve o poder de invocar toda a trama de uma nova história. A partir dessa frase, houve uma troca intensa de e-mails com ideias para o enredo e personagens, e não demorou muito para que todo o projeto estivesse encaminhado. E a nossa principal decisão: vamos fazer uma fantasia colorida (sim, é exatamente essa a classificação que damos para o estilo de escrita de PvsW).

Além de ser uma invocação dos primórdios de ideias da LAP, PvsW é o primeiro livro que assinamos em conjunto, escrito em duas mãos. Com ele, trazemos para as páginas de livros aquele formato de contar uma história que era só nosso, que desenvolvemos ao longo de anos nas fanfics e que sentíamos tanta falta de escrever. A nossa luz, que foi o primeiro passo para o que se tornou o Selo Lumus.

Quando conversamos com a MODO sobre Literatura Fantástica no Brasil, como existem muitas histórias que poderiam ser melhores se houvesse um incentivo para isso e como falta a voz de autor em muitos casos, os editores nos deram a sua confiança para coordenarmos um projeto dentro da editora. Assim, já saímos com a missão de encontrar um nome e um propósito para o Selo, e de fazer PvsW algo que representasse tudo o que acreditamos. Por isso esse livro em especial é importante para o contexto de tudo o que envolve o Selo Lumus.

Para que o livro físico tivesse o mesmo comprometimento que tivemos com a história, buscamos colocar nele coisas únicas. Assim, temos os elementos de cada personagens em forma de símbolos nos capítulos e as personagens representadas na capa em forma de desenho, todos feitos pelo nosso amigo Yuri Amaral (que nos conhece tempo suficiente para elaborar coisas que expressem visualmente nossas histórias).

ícones (1)

Ainda, nesse livro colocamos algo que nossas fanfics de comédia sempre apresentaram e eram um espetáculo a parte de toda a história: os bastidores (mais LAP que isso, impossível!).

Extra: escolhemos manter o nome em inglês. Foi o nome provisório que acabou fixando em nossa mente, e como já temos experiência com nomes que não era para ser e acabaram sendo, resolvemos manter 😀

Adoramos o resultado final desse livro e esperamos que os leitores também gostem!

***

Número de páginas: 273;
Lançamento: Em setembro.
ISBN: 9788584050244.

PvsW-capa-2 (1) (1)

Toda a maldição pode se tornar um destino,
se o pedido for sincero.

Sinopse:
Na Floresta dos Sem-Voltas, a felicidade da bruxa Majori em finalmente ter se graduado como aprendiz é desfeita ao receber a notícia do noivado da princesa Yuria. O compromisso assumido traria para o Reino da Chuva o seu inimigo mais temido: o sol. Em uma medida extrema para impedir o acontecimento, Majori e Yuria trocam de aparência, e com isso desencadeiam uma série de episódios que acordarão o passado congelado, e mergulhará os Reinos novamente em escuridão.

Booktrailer

Abandonada na Floresta dos Sem-Voltas por ter uma marca de maldição e sendo adotada como aprendiz da bruxa Burildamar, tudo o que Majoristanilouvan não quer é que sua vida tranquila seja arruinada pela chegada do sol ao Reino da Chuva.

Trancada dentro dos muros do seu castelo, tudo o que a princesa Yuria quer é uma chance de sair do seu isolamento antes de assumir oficialmente suas obrigações reais.

Quando as duas trocam de aparências através de uma poção e assumem novos lugares, vão precisar lidar com as consequências dessa decisão. Muito além de solucionar problemas, elas movimentam acontecimentos que trazem um novo cenário ao Reino da Chuva. Uma realidade onde o medo do sol, as tempestades descontroladas e o brilho sufocante são chaves que nunca deveriam estar juntas novamente.

Sobre as autoras:

Lhaisa Andria e Paula Vendramini se conheceram ainda na escola e começaram uma amizade baseada em livros, teatro e chocolates. Foi o princípio do Grupo LAP e todo um estilo próprio de criação fantástica. Através da construção de mundos, usando como referência os universos imaginários dos quais eram fãs, elas desenvolveram uma forma divertida de contar histórias: o cenário de fantasia sustenta o palco para o desenvolvimento de personagens que conquistam os leitores sendo simplesmente eles mesmos.

Curta a fanpage do livro!